Imagem capa - Nós na Mídia - Nossas duas novas premiações saíram na mídia por MURILO MASCARENHAS
Premiações

Nós na Mídia - Nossas duas novas premiações saíram na mídia

Saiu no maior portal de notícias da cidade, uma matéria divulgando as duas premiações que recebemos na Bride Association, 4º round/ 2017. Ficamos super felizes com o retorno do público e agradecidos à equipe do Acorda Cidade por transmitir essa notícia tão especial para nós.

Veja a matéria abaixo, ou acesse o link aqui: Acorda Cidade - Matéria Premiação


Fotógrafo feirense ganha duas premiações nacionais com momentos marcantes no casamento

14/12/2017 - Acorda Cidade - Feira de Santana

Fotógrafo tem duas fotografias premiadas na maior associação de fotógrafos de casamento do Brasil, mantendo-se como único representante Feirense e segundo lugar na Bahia.

 


O fotógrafo feirense Murilo Mascarenhas teve duas fotografias premiadas na Bride Association, a maior associação de fotógrafos de casamento do Brasil, registrando momentos marcantes que acontecem durante um casamento. Com essas duas fotografias premiadas Murilo sobe no ranking da associação, sendo o único representante de Feira de Santana e o segundo da Bahia.

Os dois registros foram feitos em casamentos diferentes e mostram cenas de emoção e alegria. O primeiro mostra um momento do noivo com seu pai emocionados. Vemos as lágrimas e as expressões fortes, que demonstram o alívio daquele momento, que antecede o casamento. A segunda foto mostra os noivos e o padre no altar, todos envolvidos numa gargalhada contagiante. A princípio parecem fotografias simples, que podem acontecer em qualquer casamento, no entanto, é preciso um olhar apurado, conexão com as pessoas, concentração e previsibilidade para captá-los no momento certo, no melhor ângulo e com a técnica correta.


Murilo Mascarenhas conta que estes momentos estão sempre propensos a acontecer, mas se não houver preparação e empatia do fotógrafo, podem passar despercebidos. “Eles só dependem de um pequeno estímulo. Mas, não podemos dizer, ‘agora se emocione’; é necessário aproximação com as pessoas e bastante delicadeza para que isso aconteça com naturalidade. A confiança é a base do nosso trabalho, dessa forma, a pessoa se sente segura ao seu lado, a ponto de demonstrar os sentimentos que estão mais protegidos; como foi o caso do noivo com seu pai”, explica.


Os momentos espontâneos também precisam de atenção, por que acontecem de repente e se o fotógrafo não estiver preparado, perde o registro. Na foto do casal gargalhando, a noiva colocou a aliança no dedo errado; depois que ela terminou de colocar, o noivo retirou o anel calmamente e o devolveu. Ninguém entendeu a princípio, depois ele falou baixinho e a noiva caiu na gargalhada, contagiando todos os que haviam percebido o que tinha acontecido, inclusive o padre. “Nesse caso a gente tem que estar bem posicionado e preparado para agir o tempo todo. Os casamentos podem ter o mesmo ritual, mas cada um tem sua particularidade. E é justamente nisso que estamos focados”, afirma Murilo.


A fotógrafa Rebeca Mascarenhas, sócia e esposa de Murilo, conta que no álbum de casamento dos seus pais há uma foto dos dois no altar, olhando para o lado direito e sorrindo; sua mãe sempre contou a história por trás daquela foto, mas o motivo daqueles sorrisos não está na fotografia. “Eu só sei por que ela contou, e a foto tem um peso maior por causa disso. Por isso, a fotografia que buscamos precisa ter contexto e precisa contar uma história para qualquer pessoa, sem precisar de interpretes”, revela.


Murilo e Rebeca Mascarenhas atuam como fotógrafos de casamento em Feira de Santana e região desde 2014, e acumulam oito premiações ao longo de sua carreira. Para conhecer mais sobre o trabalho deles acesse o site www.murilomascarenhas.com.br